terça-feira, 30 de agosto de 2011

Bordado: Educação e Terapia

O Bordado como terapia ocupacional e educativa

               Muitos, hoje em dia, alimentam seu espírito com técnicas de terapia ocupacional e assim, têm a possibilidade de reeducar seus temperamentos, a fim de atingir níveis mais profundos ou mais amplos de consciência. O objetivo principal da terapia ocupacional é o controle do sistema nervoso, evitar o stress e desenvolver qualidades como a atenção, a paciência, a motricidade, a concentração e a determinação, objetivando mais equilíbrio e maior produtividade, sobretudo no trabalho.
               O trabalho de agulhas é, terapeuticamente falando, uma das mais adequadas para esses fins, já que exige aquelas qualidades, onde tem sido aplicada, alcança perfeitamente os objetivos, muito embora, a médio e a longo prazo. Como o bordado requer disposição e força de vontade para sua execução, talvez sejam estes os ingredientes que, se faltarem na pessoa, fazem frustrar o trabalho excelente ou mais rápido da terapia ocupacional atravéz do bordado, o que não quer dizer que não funcione nesta área de aplicação. 
               O bordado vai muito além da terapia ocupacional ou mesmo da terapia apoiativa. Ele pode ser um instrumento perfeito para a educação ou reeducação de valores morais e espirituais que refletem no contexto material da vida, modelando numa revolução progressiva e simultaneamente, o espírito e a personalidade, e gerando mais qualidade de vida.




sábado, 20 de agosto de 2011

Hardanger e ponto cruz


Boa noite, amigos!!! Vejam os trabalhos que terminei essa semana:
O primeiro é essa toalhinha de bandeja em hardanger em cânhamo grosso. O hardanger é um trabalho lento e exige muita atenção, mesmo quando o trabalho é pequeno como essa toalhinha. É muito comum ver trabalhos mais coloridos, mas eu prefiro usar cores mais claras ou na mesma tonalidade do tecido.

O segundo trabalho foi encomendado. São 3 saquinhos que são utéis para separar peças pequenas em viagens ou em gavetas. As letras e as tulipas foram bordadas em ponto cruz, tomando o devido cuidado para não carregar o trabalho. A encomenda foi feita para a própria pessoa, mas também é uma boa opção de presente. A cliente adorou o trabalho. 
Espero que tenham gostado das novidades dessa semana.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Mais uma bainha aberta


Boa tarde, queridas amigas!!! Antes de comentar o meu novo trabalho peço desculpas pela demora em atualizar as postagens. Estou com vários trabalhos em execução e isso me deixou ausente por alguns dias. Mas, estou de volta. Esse é um trabalho em bainha aberta. Antes de iniciar o bordado o tecido foi cuidadosamente desfiado, o que leva um certo tempo e paciência. Depois usei linha mesclada suave para a execução do bordado. Nesse tipo de trabalho sempre tenho preferências pelas cores claras para dar suavidade ao trabalho, mas, fiquem a vontade, usem a criatividade. Foi feito em um pano de prato, os pontos empregados foram ilhós e ponto cruz (lembrando que quando o trabalho é feito com linha mesclada, não é possível utilizar a técnica do avesso perfeito).